Todo dia uma nova teoria da conspiração é criada e eu tenho uma resposta objetiva para isso: todas elas são mentirosas. No livro O Mundo Assombrado Pelos Demônios, Carl Sagan já valorizava a ciência e apresentava várias evidências que desmontam as crenças dos supersticiosos e desinformados. Nesse livro, que foi escrito em 1996, Sagan explica porque manter uma postura cética e questionadora, é a chave para construirmos um mundo melhor.

Infelizmente, uma dessas teorias conspiratórias é a de que as assistentes inteligentes, como a Alexa e a Siri, estão sempre espionando tudo que dizemos e utilizando isso para mapear os usuários. Fiquem tranquilos, quem disse isso provavelmente acredita na Fake News do Chip na Vacina.

Mas a Alexa não está sempre ouvindo?

Se você possui um Dispositivo Echo com Alexa, seja um Echo, um Echo Studio de última geração ou mesmo um Echo Show 10, você deve se perguntar, de vez em quando, se a sua Assistente Inteligente realmente faz isso.

A resposta curta é sim, a Alexa está sempre ouvindo você. Ou melhor, o microfone do dispositivo inteligente está sempre ativo, pelo menos por padrão, e monitora constantemente as vozes da sua casa para ouvir a sua palavra de ativação.

Se seu Dispositivo Echo não estivesse sempre ouvindo, ele não conseguiria executar os seus comandos que iniciam com Alexa, ou outra palavra, se você alterou a palavra de ativação de pelo App.

Lógico que você pode desabilitar o microfone do seu Dispositivo Echo e sempre apertar um botão para ativar a Alexa, mas ter uma assistente de voz, que precisa ser acionada por um botão, não é nada prático.

Portanto, fique calmo! Tenho uma boa notícia para você. Apesar das teorias conspiratórias existentes, nem Amazon e muito menos a Alexa está espionando você. A Amazon usa uma tecnologia chamada de detecção de palavras-chave (keyword spotting) para escutar apenas a sua palavra de despertar.

Além disso, a Amazon afirma que todos os Dispositivos Echo são projetados, por padrão, para detectar apenas as ondas sonoras da palavra de ativação escolhida e todo o resto é ignorado. O restante do áudio passa pelo dispositivo, até que a palavra de ativação seja ouvida e enviada para um serviço na nuvem, seguro, da Amazon, onde a sua solicitação é reanalisada para verificar se a palavra de ativação foi dita.

Mas você pode estar perguntando: e quanto aos anúncios que aparecem depois que falamos sobre determinados produtos?

Uma das maiores teorias conspiratórias, que você encontrará online, diz que a Alexa escuta o que falamos e depois anúncios digitais são apresentados em nossos dispositivos, mostrando os produtos ou serviços que falamos próximo a um Echo Dot.

Quer um exemplo? Um casal conversa durante o jantar sobre quais equipamentos eles vão precisar comprar para a viagem de fim de semana. Esse casal conversava sobre ir à praia e, no mesmo dia, são bombardeados com anúncios, nos sites e redes sociais, sobre barracas, boné, protetor solar e tudo aquilo que eles podem usar nessa viagem.

Existe um resposta óbvia para essa situação. Antes de iniciarem a conversa no jantar, o casal estava procurando e pesquisando artigos e produtos relacionados à praia e mesmo que não se lembrem de ter feito isso, os cookies e algoritmos lembrarão. Os sites usam cookies para apresentar anúncios personalizados aos usuários, com base no seu histórico de navegação anterior. Portanto, faz sentido que esses anúncios online sejam apresentados quando você acessar a Internet uma outra vez.

Dito isso, não há evidências de que funcionários da Amazon estejam ouvindo o que você fala com a Alexa, para depois apresentar anúncios personalizados.

Isso não quer dizer que os nossos dispositivos digitais não escutam as nossas conversas, para depois oferecer produtos e serviços que possamos estar interessados.

Em 2017, o The New York Times informou sobre um software, apelidado de Alphonso, que estava presente em alguns jogos Android, sempre ele, e que coletava dados de TV para anunciantes, vendo e ouvindo o que estava passando nos televisores. Tudo isso é legal e eles só fazem isso quando você concorda em aceitar os termos e condições, por isso lembre-se sempre de ler essas informações nos games para as crianças.

E a Amazon, ela não grava você o tempo todo?

Conforme falei acima, graças à tecnologia de detecção de palavras-chave (keyword spotting), a Amazon apenas processa e registra o que o software determina como comandos genuínos da Alexa. A empresa afirma que nenhum áudio é armazenado ou enviado para os seus servidores, a menos que um alto-falante inteligente detecte a palavra de ativação. Você saberá se a Alexa está gravando e enviando o seu comando, porque uma luz azul acenderá.

– Alexa: o que significa as luzes verdes, amarelas, vermelhas, laranja e roxas-

Todas as suas gravações de voz transmitidas para a nuvem são criptografadas e armazenadas com segurança nos servidores da Amazon e estão associadas à sua conta da Amazon, que você pode excluir da Alexa a qualquer momento.

Pessoas escutam os meus comandos enviados para a Alexa?

A Amazon afirma que uma pequena amostra da sua interação com a Alexa são monitoradas pelos funcionários da empresa, para ajudar a Assistente Inteligente a entender a interpretação correta de uma solicitação e fornecer uma resposta apropriada no futuro. Basicamente, isso significa que os humanos são usados ​​para complementar o processo de aprendizado da máquina.

Você pode optar por não fazer isso.

No aplicativo Alexa, toque na guia Mais e escolha Configurações.

Você encontrará um botão de alternância Ajuda, depois Privacidade da Alexa e Gerenciar seus dados na Alexa.

Desligue-o e suas gravações não serão mais utilizadas.

Ou você pode simplesmente desligar o seu microfone, conforme a imagem acima, mas isso é para quem acredita em teorias conspiratórias absurdas. A tecnologia existe para facilitar a nossa vida e ter uma Casa Conectada é muito divertido e prático. Portanto, pode utilizar a Alexa sem medo.

Os Novo Echo Show 15 está em Pré-Venda no Site da Amazon.

Acesse Aqui: