|

Share on facebook
Share on twitter

Compartilhe!


U.F.O. foi uma série britânica de ficção científica desenvolvida por Gerry Anderson e sua esposa Sylvia Anderson, criadores de Thunderbirds e já falava sobre OVNIS.

As perucas roxas da série U.F.O.

“A Terra enfrenta uma poderosa ameaça de uma fonte extraterrestre. Entramos em uma era em que a ficção científica se tornou um fato. Precisamos nos defender.” Comandante Ed Straker,

U.F.O. foi a primeira série live-action do diretor Gerry Anderson e entrou no ar entre 1970 e 1971, com um episódio atrasado até 1973. No Brasil, a série passou na TV Record em 1973 e foi reprisado em algumas outras emissoras.

No futurístico ano de 1980, afinal a série foi criada em 1970, a Terra está sob ataque de OVNIs enviados por uma raça moribunda. Esse alienígenas não tinham nomes, mas procuravam colher órgãos humanos. Por isso, criaram a organização multinacional ultra-secreta chamada SHADO (Supreme Headquarters Alien Defense Organization, pronunciada Shadow). A SHADO era liderada pelo dedicado Comandante Straker, que recebeu recursos para estudar os alienígenas, enquanto pesquisava maneiras de combatê-los.

U.F.O. foi uma série da década de 70

Lembro de assistir alguns episódios bem sombrios da série U.F.O. e todos mostravam que os Extraterrestres estavam entre nós. Isso em plena década de 70, logo após o homem pisar na lua, e bem depois da famosa invasão dos marcianos. Essa falsa invasão foi narrada ao vivo num programa de rádio, algo que deixou Orson Welles mundialmente famoso.

A série é lembrada até hoje por causa da sua decoração extravagante, garotas glamourosas com perucas roxas e assuntos bem sombrios. Com certeza uma série que combinava com a alucinógena década de 70. Todos os episódios de U.F.O. mostram a SHADO tentando evitar atos de destruição, enquanto sacrifica algumas pessoas inocentes. Tudo isso para descobrir mais detalhes sobre os alienígenas que estão na Terra. Pesquisando sobre o restante da série, principalmente os episódios que não assisti, descobri que o enredo incluía temas adultos como uso de drogas, adultério, relacionamentos inter-raciais e a ruptura do casamento, por causa da pressão do trabalho. Nunca enxergaria isso, pois assisti a série quando era criança e só estava interessado nas espaçonaves de UFO.

Os astronautas de U.F.O.

Gerry Anderson foi um cineasta britânico que transformou bonecos antiquados em heróis futuristas, isso em plena década de 1960, no popular programa infantil Thunderbirds. Esse sim eu assisti bastante, mas o sonho de Gerry era produzir séries em live action, como U.F.O. e Espaço: 1999. Gerry morreu em Oxfordshire, Inglaterra, com 83 anos.

Procurei alguns episódios de UFO no YouTube, pois tinha que assistí-los com um olhar adulto, e percebi que os efeitos especiais eram totalmente inspirados na década de 60. Por isso as espaçonaves tinham as linhas arredondadas dos veículos espaciais desse período. Descobri também que as oficiais femininas da base lunar usavam perucas roxas e, por alguma razão, apenas quando estavam na base espacial e não quando estavam na terra. Como a maioria das séries da década de 70, todas as mulheres trabalham, principalmente em empregos subordinados, ou como donas de casa, por isso é surpreendente que a base lunar tenha uma comandante feminina, tenente Gay Ellis, interpretada por Gabrielle Drake.

O mais impressionate é que a série U.F.O., produzida no início da década de 70, já previa o uso generalizado de computadores na vida cotidiana, naves espaciais lançadas de aeronaves, identificação por impressão de voz, veículos híbridos, telefones sem fio. Além disso U.F.O. mostrava que os detritos espaciais já eram uma preocupação séria. Por isso sou fã de Ficção Científica, pois seu filmes, séries, quadrinhos e livros muitas vezes descrevem como será o nosso futuro e o que precisamos fazer para que ele não seja tão sombrio.

Veja a sensacional abertura da Série UFO:

A Amazon tem produtos da série UFO e outras criações de Gerry Anderson .



Publicidade
Publicidade Publicidade
Publicidade

Artigo:

Publicidade
Posts
Relacionados
Publicidade