•  
  •  
  •  
  •  

Mudar do Spotify para o Apple Music é muito mais fácil quando você utiliza uma ferramenta como o SongShift. Alternar os serviços de streaming de música pode ser uma tarefa muito difícil, especialmente se os usuários não conseguirem transportar toda a sua biblioteca de música e tiverem que começar tudo novamente. Esse pensamento por si só pode ser suficiente para impedir que os usuários mudem de serviço, mesmo que aquele que estejam usando não seja o melhor para eles.

O Apple Music se tornou um serviço de streaming de música muito popular. Principalmente depois que incluiu o áudio sem perdas e também o Dolby Atmos, oferecendo um áudio de alta qualidade aos usuários. O Spotify tem muitos recursos bons e já faz algum tempo que ele trouxe o áudio sem perdas. Embora este upgrade esteja em andamento e ainda não está disponível para todos. Para alguns usuários, isso pode ser motivo suficiente para considerar a mudança do Spotify e partir para o Apple Music.

Depois de decidir deixar o Spotify, há a tarefa de mover todas as músicas e playlists para o novo serviço de Streaming. Felizmente, um aplicativo para iOS, chamado SongShift, torna isso extremamente fácil. Os usuários podem baixar o aplicativo e conectar a conta do Spotify e do Apple Music. Depois de conectar as contas, basta configurar o tipo de ações que você deseja.

Primeiro, selecione que forma de mídia deve ser movida. Por exemplo, o SongShift precisa saber se está procurando por um álbum, playlist ou música. Em seguida, escolha o serviço de origem, que neste caso seria o Spotify.

Clique em continuar e selecione o que exatamente precisa ser transferido. Os usuários podem escolher uma playlist ou álbum específico para transferir. Uma vez identificado, o SongShift definirá automaticamente o Apple Music como destino, desde que Spotify e o Apple Music sejam as únicas duas contas conectadas.

Se o usuário decidir que outro serviço de streaming é melhor, ele pode clicar no pequeno lápis de edição para mudar o destino para outro serviço que esteja conectado. Depois disso, os usuários podem optar por adicionar outra tarefa à fila ou terminar.

O SongShift fará com que o Apple Music adicione todas essas músicas à biblioteca, onde elas poderão ser escutadas em áudio espacial e sem perdas.

Existe uma versão gratuita do SongShift, bem como uma versão paga, mas a versão gratuita provavelmente servirá para você. Embora o usuário precise criar várias tarefas em uma fila, a configuração leva apenas alguns minutos. O App SongShift anuncia uma velocidade de transferência mais rápida com a versão paga, embora as velocidades regulares funcionem muito bem. Leva apenas cerca de dez minutos para mover alguns milhares de músicas para o Apple Music, onde podem ser facilmente baixadas e armazenadas offline.

Após a transferência inicial, pode demorar um pouco para que essas músicas sejam sincronizadas com um iPhone ou iPad. Não importa quanto tempo leve, certamente é mais fácil do que recriar novamente as playlists e buscar todas as suas músicas novamente.

A única ressalva que fazemos para transferir músicas do Spotify é que apenas listas de reprodução criadas pelo usuário podem ser transferidas. Listas de reprodução selecionadas do próprio Spotify não podem ser transferidas, pois não existem no Apple Music. Se um usuário deseja transferir uma lista de reprodução criada por outro usuário no Spotify, o SongShift criará uma nova lista de reprodução no Apple Music da melhor maneira possível.

O SongShift também funciona com uma quantidade surpreendente de outros serviços de streaming. Assim, os usuários também podem transferir músicas do Tidal, Amazon Music e até mesmo do Pandora. Com uma ferramenta como essa, passar do Spotify para o Apple Music é muito mais fácil e rápido e você pode começar a escutar suas músicas em Dolby Atmos.

É só clicar e fazer o teste grátis do Apple Music: