Os Uncanny Avengers já trabalharam para reunir mutantes e humanos, mas outra equipe mutante-humana se reuniu muitos anos antes.

Os X-Men e os Vingadores ocasionalmente brigam uns com os outros. Às vezes as duas equipes trabalham juntas mas, mesmo assim, a tensão permanece entre os Mutantes da Marvel e os Heróis Mais Poderosos da Terra.

Uma das melhores equipes que uniu os Vingadores e os X-Men colocou toda essa tensão de lado para um propósito maior. Nas páginas de Uncanny X-Men #190-191, de Chris Claremont e John Romita Jr., o vilão místico Kulan Gath alterou toda Manhattan para que a cidade se parecesse com uma velha sociedade bárbara. Todos que estivessem ao alcance deste feitiço foram fisicamente transformados, enquanto suas personalidades mudavam, lembrando pessoas dessa época.

O único herói que não foi alterado por este feitiço foi o Homem-Aranha, contra quem Kulan Gath buscou vingança. Kulan Gath também assumiu o controle do Professor X, fundindo Xavier com Caliban, para que ele pudesse usar o professor para invocar mutantes como os Morlocks e os Novos Mutantes. Vingadores como o Visão e a Feiticeira Escarlate também trabalharam para Kulan Gath e até o Doutor Estranho foi dominado pelo malvado feiticeiro. Com esses seres poderosos sob seu controle, Kulan Gath ampliou seu poder em Manhattan.

Em meio a todo esse caos, muitos dos heróis da Marvel ainda permaneceram livres desse controle. Além do Homem-Aranha, uma equipe de Vingadores foi formada, composta pelo Capitão América, a Vespa e Starfox. Este não era um grupo muito comum de Vingadores e por isso alguns Mutantes como a Tempestade, Noturno, Rachel Gray, Callisto e vários outros se juntaram à equipe. Nesse momento tão agitado, os Vingadores e os X-Men decidiram se unir, formando essa grande equipe e as divisões e brigas entre esses heróis humanos e os mutantes, desapareceram à partir dessa união.

Para recuperar Nova York, os heróis decidiram que precisavam do poder de Selene, uma mutante do mal, que Kulan Gath havia capturado. Declarando guerra a Kulan Gath, os Vingadores e os X-Men invadiram a fortaleza do feiticeiro e, infelizmente, esta primeira missão não muito favorável. Rogue foi morta, enquanto Starfox e a Vespa foram capturados pelas forças inimigas. Depois de se reagruparem, os heróis voltaram sorrateiramente para o palácio de Kulan Gath e se envolveram na batalha com os Morlocks e os Novos Mutantes. A equipe sofreu várias baixas, com a Feiticeira Escarlate transformando alguns heróis em pedra. Além disso, Colossus foi morto pela Visão.

Quando a Tempestade parou Kulan Gath, Selene traiu os heróis e roubou o amuleto do feiticeiro para seus próprios objetivos. Depois de sua morte a Tempestade se fundiu com Warlock e infectou Selene com o vírus Transmode. Este ato libertou o Doutor Estranho, e o Feiticeiro Supremo trabalhou com Magik para restaurar tudo. Após essa batalha, apenas alguns heróis se lembravam desses eventos.

Esta equipe é um marco bastante esquecido no relacionamento dos X-Men com os Vingadores. Lutando juntos contra Kulan Gath, as duas equipes provaram que humanos e mutantes podem trabalhar juntos para um bem maior. Não havia grande distinção entre humanos e mutantes, já que todos os heróis compartilhavam um objetivo comum nessa batalha. Mutantes como Colossus poderiam lutar ao lado do Capitão América por um propósito maior e a Divisão de Unidade dos Vingadores foi criada para aventuras como esta, formando-se décadas depois.

O próprio Capitão América falou várias vezes sobre a unidade entre heróis mutantes e heróis humanos. Quando os heróis decidiram lutar contra Kulan Gath, Steve Rogers declarou que não era importante se os heróis fossem mutantes ou humanos e por isso os X-Men e os Vingadores estavam juntos para lutarem contra esse mal. Assim que a aventura acabou, Steve agradeceu e elogiou os X-Men por sua ajuda e este reconhecimento demonstrou um sério apreço e respeito dos Vingadores pelos X-Men.

Lógico que este conflito não foi uma batalha clara contra os mutantes ou humanos do mal. Alguns mutantes estavam sob o controle de Kulan Gath, enquanto alguns Vingadores eram controlados pelo feiticeiro maléfico também. Esta batalha não teve nada a ver com um Mutante do mal ou um Vingador louco. Os Vingadores e os X-Men tiveram que trabalhar contra uma força externa que ameaçava toda a Terra e este inimigo, apesar de controlar alguns Mutantes e Vingadores, era maior do que qualquer disputa mesquinha entre estas duas equipes.


Visite a Seção Especial Marvel na Amazon.

Acesse Aqui: