•  
  •  
  •  
  •  

Hoje o mundo inteiro comemora o dia daquele amigo da vizinhança, que foi criado por Steve Ditko e Stan Lee e lançado em 1º de Agosto de 1962, o Homem-Aranha. Esse personagem icônico surgiu há 59 anos e apresentava um adolescente estranho e antissocial como super-herói, uma descrição geralmente associada aos ajudantes dos heróis. Mas esse movimento ousado acabou sendo uma grande escolha para os seus criadores, pois tocou os corações de uma geração de crianças que se sentiam solitárias, rejeitadas ou tinham dificuldade em fazer amigos. O Homem-Aranha provou que qualquer um pode ser um super-herói e, mesmo depois de estar tanto anos fazendo sucesso, ele ainda está tão popular quanto sempre foi.

O Dia do Homem-Aranha é comemorado em 1º de Agosto mas, na verdade, o personagem apareceu nas páginas da HQ Amazing Fantasy #15, no dia 10 de Agosto. Honestamente, isso não importa muito, legal mesmo é saber que um personagem como o Homem-Aranha é mundialmente reconhecido e tem até o seu próprio dia.

Após o seu lançamento o Homem-Aranha ganhou a sua própria série de quadrinhos, The Amazing Spider-Man, em março de 1963. O personagem titular ganhou muita popularidade e rapidamente se tornou parte integrante do Universo Marvel em constante expansão, envolvendo-se com personagens regulares como o Tocha Humana, o Incrível Hulk e também o Demolidor. Outro detalhe bem interessante no universo do Homem-Aranha são os personagens coadjuvantes, que eram igualmente divertidos e encantavam os leitores, pois também mostravam os seus pontos fracos. Isso inclui J. Jonah Jameson, o editor-chefe e anti-Homem-Aranha do jornal Daily Bugle, os grandes amores do Homem-Aranha, Gwen Stacy e Mary Jane Watson e os vilões com suas fantasias extravagantes e sensacionais, como o Doutor Octopus, Duende Verde e Elektro.

Uma das coisas que sempre me deixou fascinado, desde as primeiras revistas, era como o desenho de Steve Ditko conseguia passar, com perfeição, o movimento que o cabeça de teia realizava entre os prédios de Nova Iorque. Algo que os diversos desenhistas, que chegaram às páginas da HQ do Homem-Aranha, aprimoraram durante esses 59 anos.

O Homem-Aranha tornou-se uma HQ com expansão rápida, pois o seu perfil heróico não podia mais ser contido em edições mensais únicas. Com isso, os frequentes enredos crossover de Spidey com outros personagens da Marvel, levaram à criação da série bimestral “Marvel Team-Up” em março de 1972, que teve 150 edições. O Homem-Aranha se uniu com quase todos os super-heróis de alto nível do Universo Marvel e essa série fez bastante sucesso.

Logo após veio Peter Parker: The Spectacular Spider-Man, que foi a quarta série de quadrinhos com aventuras contínuas do Homem-Aranha. Estreou em dezembro de 1976 e terminou após 263 edições. Um dos eventos mais memoráveis ​​desta época foi o casamento de Peter com Mary Jane Watson, que não chegou a acontecer no Cinema.

Todos sabemos que o Homem-Aranha é bem ligeiro e o seu protagonismo no mundo dos quadrinhos logo foi notado por Hollywood. A Sony Entertainment comprou os direitos do Homem-Aranha e o trouxe para a tela grande em maio de 2002, com o filme Homem-Aranha, que tinha Tobey Maguire interpretando o super-herói amigo da vizinhança. Os filmes do Homem-Aranha pavimentaram o caminho para o Universo Cinematográfico Marvel e o gênero de filme com super-heróis. Homem-Aranha 2 foi lançado em 2004 e quebrou recordes de bilheteria, seguido por Homem-Aranha 3 em 2007, que encerrou a trilogia do diretor Sam Raimi. A franquia foi reiniciada cinco anos depois, com O Espetacular Homem-Aranha em 2012, estrelado por Andrew Garfield.

Em seguida, o Homem-Aranha fez sua estreia no Universo Cinematográfico Marvel no filme Capitão América: Guerra Civil, de 2016. O jovem ator Tom Holland deu vida ao super-herói, que foi um pouco negligenciado devido às questões legais e direitos dos personagens em andamento entre a Sony Entertainment e a Marvel Studios. Os últimos filmes da Marvel com o Homem-Aranha são os grandes blockbusters mundiais Vingadores: Guerra Infinita, de 2018 e Homem-Aranha: Longe de Casa, de 2019.

Com certeza o Homem-Aranha merece ter um dia para chamar de seu e ele é bem comemorado em todo o mundo, tendo até desfiles em algumas cidades americanas. Nas Redes Sociais muitas pessoas também postam homenagem ao Cabeça de Teia, mas será que todo mundo conhece o verdadeiro significado da frase: com grande poder, vem grande responsabilidade?

Tem muito líder mundial que está precisando ler as HQs do Homem-Aranha para aprender a ter um pouco mais de responsabilidade.

No site da Amazon você encontra várias HQs da Marvel.

Acesse Aqui: