•  
  •  
  •  
  •  

Capuz Vermelho acaba de ganhar um título totalmente novo no futuro sombrio da DC, já que o anti-herói, de longa data, acaba de se juntar aos Peacekeepers. Future State – Gotham #1 apresenta Jason Todd trabalhando ao lado da organização Magistrate, para rastrear o Batman. Ao aceitar a missão, ele se torna parte dos Peacekeepers, que têm a tarefa de garantir que os vigilantes mascarados não circulem pelas ruas de Gotham City.

No recente evento Future State da DC Comics, o Universo DC foi levado para um futuro sombrio. Um dos principais pontos da trama foi a ascensão da Magistrate, uma força-tarefa mortal criada pelo prefeito de Gotham, Christopher Nakano, para procurar e derrubar qualquer vigilante mascarado em sua cidade. A Magistrate transforma Gotham em um regime autoritário, com seus soldados, conhecidos como Peacekeepers, matando vários heróis, incluindo o Batman, só que com o morcegão as coisas são diferentes. Nas histórias de Jason Todd no Future State, ele foi contratado pela Magistrate para ajudá-los a alcançar sua sociedade sem vigilantes. Em uma nova história ambientada no mesmo universo sombrio, ele resolve levar as coisas um passo adiante.

Na HQ Future State – Gotham #1, de Joshua Williamson, Dennis Culver, Giannis Milonogiannis e Troy Peteri da ALW, Capuz Vermelho se encontra em conflito com os Peacekeepers após derrotar o Ventríloquo. O confronto é interrompido quando uma parte de Gotham é nivelada, na forma de um símbolo do Batman e o próximo culpado é justamente o morcegão. Acreditando que Batman não é o culpado pelo incidente mortal, o Capuz Vermelho se torna o Pacificador Vermelho, juntando-se à Magistrate para investigar a organização por dentro.

Capuz Vermelho garante ao soldado Peacekeeper-3 que levará Batman à justiça. Ele disse que se ele estragar sua missão, ele será jogado em uma cela na prisão de Blackgate. A história em quadrinhos termina com a Bat-Família unida, com Asa Noturna e Robin confrontando Jason, dizendo que eles estão convocando uma reunião familiar.

Tornar-se um Pacificador pode parecer uma escolha curiosa, mas para se infiltrar na Magistrate e separá-la por dentro, o Capuz Vermelho decidiu que a melhor solução era se juntar a eles. É uma estratégia sólida, pois enfrentá-los como adversários seria muito mais difícil do que derrubá-los por dentro. A questão é: a Bat-Família apoiará esse esforço e acreditará que ele se juntou aos Peacekeepers pelo motivo certo? Considerando o impacto da Magistrate no futuro sombrio da DC, o Capuz Vermelho pode ter problemas para explicar sua mudança de nome.

Future State – Gotham #1, versão digital em inglês, já está disponível na Amazon.


Visite a Seção Especial de Quadrinhos na Amazon.

Acesse Aqui: