O evento Ponto Zero de Fortnite pode ter sido concluído no game, mas ele está apenas começando nos quadrinhos. A série de seis edições Batman/Fortnite: Ponto Zero da DC Comics, vai trazer grandes revelações para a tradição do Battle Royale e os leitores da edição impressa também receberão códigos para itens do jogo, como novas Skins do Batman e da Arlequina.

A primeira edição já está em pré-venda no site da Panini e na Amazon você já pode comprar a versão digital para o Kindle. Já lemos toda a revista, que no Kindle está na versão em inglês e não vem com o código para baixar conteúdo no Game e percebemos que a DC utiliza bem as habilidades de detetive do Batman com uma maneira bem interessante, além de ser fiel à forma como o Fortnite funciona no videogame. Um dos maiores destaques do jogo é que nenhum dos personagens fala ou percebe que está na Ilha de Fortnite. Em vez disso, o leitor ouve o que o Batman está pensando, mas nunca você verá o Morcegão tentando se comunicar verbalmente com outro personagem.

A história começa com Batman sendo sugado por um portal, que o teletransporta de Gotham para a Ilha de Fortnite. Ele fica muito surpreso com esse novo ambiente e não consegue se lembrar de nada, pois sua memória foi apagada. Sua inteligência, habilidade de luta e linha geral de pensamento são os mesmos, mas todo o resto está bem embaralhado em sua mente. Ele nem sabe quem é a Mulher-Gato, quando a conhece, mas acha que ela lhe parece familiar.

Mantendo-se fiel ao jogo, a cada 22 minutos, quando a tempestade atinge totalmente a ilha, Batman volta à estaca zero, sendo forçado a lutar novamente e a tentar descobrir o máximo possível sobre os mistérios desta ilha, antes da próxima reinicialização. Muito parecido com o filme Amnésia, ele percebe que pode deixar pistas sobre objetos inanimados para ajudar a juntar as peças sobre o que está acontecendo.


O problema termina sem muita resolução, mas levanta muitas questões sobre o Game. Por que os personagens não falam? Há uma razão para que todos estejam realmente tentando se matar? Os desenvolvedores da Epic Games estão constantemente construindo a tradição de Fortnite, por meio de eventos no Game e até mesmo vinculando alguns dos muitos personagens licenciados que já foram adicionados. Mas a história em quadrinhos vai em uma direção totalmente diferente. Ler é como ver o que se passa pela cabeça de Batman, no meio de uma partida de Fortnite Battle Royale.

É algo completamente estranho e absolutamente fascinante e podemos ficar bastante curiosos para saber para onde tudo isso vai acabar.

Batman/Fortnite: Ponto Zero é escrito por Christos Gage, com arte de Nelson Faro DeCastro, Reilly Brown e John Kalisz. Donald Mustard, diretor de criação da Epic, está listado como consultor de histórias e também, aparentemente, fez uma capa alternativa para a segunda edição.

Tudo Sobre o Mundo dos Games na Amazon, Submarino, Americanas e Shoptime.

Acesse Aqui: