|

Share on facebook
Share on twitter

Compartilhe!

A pacata vida dos fazendeiros islandeses Maria e Ingvar é revigorada após uma descoberta milagrosa no galpão de ovelhas, algo que cria uma atmosfera surreal.

O Mubi tem uma seleção de filmes interessantes, que você não consegue assistir em nenhuma outra plataforma e entre eles está o terror islandês, Lamb. Dirigido por Valdimar Jóhannsson, a partir de um roteiro que ele co-escreveu com o islandês Sjón, Lamb é uma fantasia sombria que logo nos primeiros minutos você já diz: que porra é essa?

Nesse thriller pastoral islandês Jóhannsson tenta refletir sobre a paternidade, família e natureza, mostrando Maria (Noomi Rapace) e Ingvar (Hilmir Snær Guðnason), mas, eles estão visivelmente infelizes. Os dois vivem em uma paisagem remota e montanhosa da Islândia, que parece congelada no tempo, e os agricultores rurais mal trocam algumas palavras ou abrem um sorriso. Esse casal trabalhador apenas passa o dia arando a terra, plantando e cuidando do seu rebanho de cordeiros e tudo isso, em silêncio.

Sentimos, claramente, uma sensação de perda na atmosfera sombria desse cenário de cores sombriamente nítidas, porque o céu está gelado e as paisagens são intimidantes. Ouvimos apenas uma música do rádio, mas nenhum momento de alegria desse casal. No entanto, percebemos que alguma tragédia está rondando o celeiro de Maria e Ingvar.

O diretor de Lamb deve gostar do filme O Bebê de Rosemary

Lamb continua lento até mostrar o final do inverno, quando o cachorro de Maria e Ingvar começa a latir com alguma confusão no estábulo. É nessa hora que a dupla descobre um bebê híbrido, humano-cordeiro e decidem adotar essa criatura grotesca, que eles passam a chamar de Ada.

Após um início lento, Lamb consegue acelerar e explora a natureza envolvente da fazenda, com a família tentando criar desse bebê recém-nascido. Maria e Ingvar criam Ada, que parece totalmente inspirada no Bebê de Rosemary e tentam viver tranquilamente. Isso, até a chegada do irmão rebelde de Ingvar, Pétur (Björn Hlynur Haraldsson), que pisca lentamente ao ver Ada pela primeira vez, por isso descrevi esse filme como uma comédia de terror.

Não vou mostrar uma foto do tenebroso bebê Ada, para não estragar a surpresa dessa cena, que mostra a criança de corpo inteiro pela primeira vez. Após Ada crescer, o filme ganha um ritmo mais sombrio, pois a ovelha que trouxe Ada ao mundo fica berrando na janela da casa e Maria resolve dar um jeito nesse incômodo animal demoníaco.

Lamb tem um final ridículo, como vários filmes que tentam criar um horror diferenciado, e só resolvi assistir porque ele foi indicado ao Festival de Cannes de 2021. Portanto, se você gosta de filmes de terror bem esquisitos, Lamb é uma excelente dica. O filme está disponível no Mubi e você pode descobrir o que acontece com Ada no final.

Veja o trailer de Lamb

A Amazon tem vários DVDs e Blu-Rays de Terror e Suspense



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Artigo:

Publicidade
Posts
Relacionados
Publicidade