•  
  •  
  •  
  •  

O Google está introduzindo planos de fundo personalizados para sua plataforma de videoconferência Meet, anunciou a empresa em um blog. Se você usa o Meet no navegador Chrome do Google, deve conseguir acessar o recurso no Chrome OS, bem como em laptops e desktops Windows e Mac. O recurso chegará em breve para celulares.

Não é necessária nenhuma extensão do navegador para ativar os fundos personalizados, você só precisa adicionar uma imagem de plano de fundo da sua própria coleção de fotos ou de uma biblioteca de imagens fornecida pelo Google, que inclui paisagens, arte abstrata e escritórios. Um plano de fundo com imagens de escritórios deve ser a coisa mais chata do mundo, principalmente em tempos de pandemia.

Pode levar até uma semana para que todos os usuários do Google Meet possam acessar a nova opção de plano de fundo personalizado. Mas você já pode ir testando se a novidade está disponível no seu navegador.

Os serviços de videoconferência concorrentes, Microsoft Teams e Zoom, já permitem o uso de imagens personalizadas para fundos de reuniões há muito tempo. Os três estão adicionando novos recursos à medida que mais pessoas dependem de videochamadas para trabalhar e estudar em casa, durante a pandemia. O Meet já tinha adicionado um efeito de desfoque para fundos de reunião e introduziu legendas em tempo real, modo de pouca luz, mão levantada e uma visualização em mosaico que exibe até 49 pessoas, o que o FaceTime já faz há um bom tempo.

O Google integrou o Meet ao Gmail em maio, adicionando um link de barra lateral e fazendo reuniões de até 100 pessoas sem limite de tempo disponível para qualquer pessoa com uma conta do Google. O Gigante das Buscas disse que o Meet teve 235 milhões de reuniões diárias e mais de 7,5 bilhões de chamadas de vídeo diárias.