•  
  •  
  •  
  •  

O mundo da propaganda mudou muito com a chegada da Web e a maioria dos clientes ainda não utiliza todo o potencial de marketing que a Internet pode oferecer. As grandes empresa e os pequenos negócios utilizam as Redes Sociais e algumas até o Google Ads para promover seus produtos e serviços mas, possivelmente, não atingem todo o potencial que uma campanha no Google Ads pode atingir.

A publicidade do Google é bem conhecida pelas empresas que estão on-line, mas muitos anunciantes ainda não estão convencidos de que devem incluí-la em seu plano de mídia. Mas o que causou isso? Muitos anunciantes em potencial acreditam que, para ter sucesso no Google Ads, você precisa investir uma grande quantia de dinheiro, o que não é verdade.

Essa ideia acontece devido às falhas de pessoas que não conhecem totalmente o Google Ads, que testaram o canal e não obtiveram resultados satisfatórios. Isso porque a maioria deles tem um conhecimento básico da plataforma e inicia uma campanha ou campanha inteligente, sonhando em obter o máximo de cliques logo na largada.

Mas o Google não oferece exatamente isso. Não é por acaso que a gigante de tecnologia recebe mais de 90% de sua receita graças à plataforma de anúncios. O Google desenvolveu muitos canais estratégicos, diretrizes e métodos para alcançar clientes em potencial. Neste artigo, mostraremos alguns dos motivos mais importantes para usar os incríveis recursos do Google Ads.

De mãos dadas com SEO

Os resultados orgânicos do Google geralmente fornecem 40% ou mais da receita de um site, mas leva tempo para atingirmos essas porcentagens. A otimização de SEO é uma estratégia de longo prazo, na qual definitivamente vale a pena investir.

Mas, enquanto você espera pelo retorno, sua campanha pode aparecer imediatamente nos primeiros resultados pagos no Google. Basta combinar anúncios do Google e SEO juntos, à longo prazo, para alcançar uma porcentagem maior de pesquisas com diferentes palavras-chave.

Mais espaço publicitário no mecanismo de busca do Google

O Google aumentou o espaço publicitário para 4 resultados pagos, antes dos orgânicos. Isso significa que, quando os usuários pesquisam por palavra-chave, o que aparece primeiro são os 4 anúncios antes dos resultados orgânicos não pagos. Dessa forma, os usuários têm maior probabilidade de clicar nos anúncios e comprar o produto desejado.

Anúncios do Google têm grande alcance

O Google cobre 90% dos navegadores da Web em todo o mundo. Como isso é possível? É simples, a rede do Google é enorme e inclui, além do mecanismo de busca e parceiros, muitos sites, aplicativos diferentes, Gmail, Google Maps e uma das principais mídias sociais, o YouTube. E o melhor é que você pode anunciar em cada um deles, juntos ou separadamente, e alcançar seus clientes.

Você só paga quando o usuário clica no anúncio

Esta é uma enorme vantagem sobre outros métodos de publicidade na Web. Você não paga nada se o seu anúncio aparecer para o usuário e ele rolar para baixo. Esse é o principal método de pagamento da plataforma e a maioria das estratégias de lances é baseada nele. Aqui é muito importante ressaltar que você não deve se esforçar para obter o maior número possível de cliques, mas sim nas vendas. Para isso, as conversões são configuradas, as campanhas são otimizadas e você deve trabalhar constantemente para obter mais receita, por um custo menor.

Segmentação específica

Palavras-chave são apenas uma ferramenta, mas existem outros tipos específicos de ações para dizer ao Google que você deseja aparecer, por exemplo, em hambúrguer, mas não em hambúrguer barato. Existem muitas boas opções de segmentação, que podem restringir o seu anúncio apenas ao seu público-alvo. Você também pode segmentar por dados demográficos, dispositivos, intenções de compra, além de um dia e hora específicos em que seus anúncios aparecerão.

Uma parte importante de todo o funil de marketing

Não navegamos apenas no Facebook, Twitter ou no Google. Todos os dias, verificamos as notícias em vários sites, blogs, assistimos aos vídeos no YouTube e verificamos nossos e-mails no Gmail ou em outras plataformas. Cada um deles é um lugar onde você pode anunciar, através do Google Ads. Mas os banners e anúncios do YouTube geralmente são exibidos para pessoas que veem a marca pela primeira vez. É por isso que é importante vincular os anúncios do Google ao seu funil de marketing geral. Diferentes redes do Google podem ser inclusas em cada estágio.

Anúncios Remarketing do Google Ads

O que é exatamente remarketing? Eles são frequentemente chamados de anúncios que perseguem o usuário. Você pesquisa no Google o iPhone 12 e navega pelas buscas que direcionam para vários sites. Então você assiste a uma resenha de um influenciador famoso no YouTube, falando sobre o iPhone 12 que você viu num desses sites. Depois de 2 dias, você finalmente decidiu levar o produto e pesquisa novamente, no Google, qual a melhor oferta. Você acaba vendo novamente o mesmo site com banners, com o produto que está perseguindo-o há 4 dias. Como você já conhece o site, ele está gravado na memória do seu navegador e por isso oferece uma boa oferta, então você decide fazer um pedido.

É esse lembrete do site ao longo dessa jornada, com chamadas específicas para ação em direção à etapa do funil, que é chamado de remarketing. Você pode usar essa estratégia no YouTube, na Rede de Display do Google e também no mecanismo de busca. mais bem-sucedidas. Provavelmente este é um dos tipos de campanhas mais eficaz e isso se deve ao fato de que as empresas estão fechando o negócio com os usuários que o conhecem.

Não desista no primeiro mês se não obtiver resultados satisfatórios na Web. A chave está no bom planejamento, análise e otimização das campanhas online. Se precisar de ajuda, a Host Marketing Digital com certeza pode ajudar

Artigo: Hugo Machado


No Submarino você encontra produtos Google para ter uma Casa Conectada

Acesse Aqui: