•  
  •  
  •  
  •  

Sempre fui muito fã da Tecnologia Bluetooth e a minha empresa a Host Marketing Digital foi uma das primeira a realizar uma campanha de marketing utilizando essa ferramenta. A campanha foi realizada para a Claro em 1997 e utilizou um equipamento que parecia o Reator Arc do Homem de Ferro e ficava pendurado no peito das pessoas que andavam pela rua ou shoppings.
Quando alguém passava por perto, uma mensagem via bluetooth aparecia no celular e perguntava se ela queira baixar um conteúdo exclusivo da Claro.

A Host sempre foi fascinada por novas tecnologias e o Bluetooth é simplesmente sensacional e está ai até hoje. Mas você conhece a história do nome Bluetooth?

Continue lendo para saber como surgiu esse nome.

Muitas pessoas perguntam por que nossa tecnologia sem fio favorita se chama Bluetooth. Afinal, o Bluetooth revolucionou os telefones para sempre, principalmente quando falamos em tecnologia sem fio, onde ele foi o pioneiro. A tecnologia não se parece em nada com um dente azul, não é mesmo? Na verdade, o nome Bluetooth traz consigo um conto da Escandinávia Medieval sobre um Rei que conectava pessoas.

O Rei Harald Gormsson foi um famoso monarca da Escandinávia medieval que governou por volta de 940 a 986 DC. O Rei, que se diz ter sido mais ou menos responsável pela conversão da Dinamarca ao Cristianismo, finalmente passou a governar quase toda a Escandinávia depois de conseguir uni-la. A história mostra que esse Rei era muito bom em reunir as pessoas por meios não violentos e fez a transição da Dinamarca do paganismo para o cristianismo de forma muito amigável. Além disso, suas excelentes habilidades de comunicação uniram a Noruega e a Dinamarca criando um único território.

Ele também teria construído a primeira ponte no sul da Escandinávia, chamada de Ponte Ravninge, que tinha 5 metros de largura e 760 metros de comprimento, um tamanho impressionante para a época. Na era Viking, esta foi a ponte mais longa e uma fonte de grande prestígio para o nosso famoso Rei Bluetooth.

Mas por que Rei Bluetooth?

Bom, assim como vários outros governantes populares da idade medieval, Gormsson também tinha um apelido. Ele era chamado de ‘Blatonn’ em norueguês antigo ou ‘Blatand’ em dinamarquês, que significa ‘Bluetooth’ em inglês. Por que esses apelidos foram dados ainda não está completamente claro, mas muitos estudiosos acreditam que o Rei escandinavo tinha um dente morto meio azulado e isso deu origem ao seu apelido de Bluetooth.

A luta tecnológica que deu origem ao Bluetooth

Em meados da década de 1990, várias empresas ao redor do mundo estavam tentando desenvolver uma tecnologia de comunicação sem fio, mas com tantas variações, os padrões estavam se tornando concorrentes e totalmente incompatíveis. Isso provou ser um grande problema para a tecnologia sem fio e acabou virando uma batalha.

Então, os grandes nomes da Nokia, Ericsson, Intel e IBM, que vinham trabalhando para fazer suas próprias tecnologias de rádio de curto alcance, se uniram para criar um único padrão sem fio que teria uma ampla utilização na indústria e consumisse menos energia. O então engenheiro da Intel, Jim Kardach, assumiu o papel de mediador corporativo para agilizar a implantação dessa nova tecnologia.

No verão de 1997, Kardach e Sven Mattisson, um engenheiro da Ericsson, saíram para beber e tentar esquecer um pouco da luta para criar o novo padrão sem fio. Durante o passeio pelos bares, eles começaram a falar sobre história. Mattisson tinha acabado de ler The Longships, de Frans G Bengtsson, que falava das experiências e viagens dos guerreiros da Dinamarca sob o comando do Rei Harald Bluetooth e Kardach voltou para casa e leu The Vikings de Gwyn Jones, um livro que ele já havia encomendado muito antes.

Como Harald havia unido a Dinamarca e convertido os dinamarqueses ao cristianismo apenas conversando e unindo as pessoas, a equipe achou que Bluetooth seria um bom codinome para a nova tecnologia. Nessa época eles criaram um PowerPoint, com uma versão da Pedra Rúnica, em que Harald segurava um celular em uma das mãos e um caderno na outra, com uma tradução das runas (línguas germânicas).

O nome Bluetooth era uma espécie de nome alternativo e a equipe se envolveu com outros nomes possíveis, incluindo ‘Flirt’ que significava que os dispositivos estariam próximos o suficiente para a tecnologia funcionar.

Quando chegou a hora de definir um nome, as empresas concordaram em usar ‘PAN (Rede de Área Pessoal)’, que foi uma ideia da IBM. No entanto, uma pesquisa no Google com a sigla PAN daria muitos resultados não relacionados, tornando-se um problema de SEO e também possivelmente com questões de marcas registradas no futuro.

Segundo Kardach, eles planejaram então lançar a tecnologia com o nome de Bluetooth, que poderia ser alterado posteriormente, quando o nome oficial fosse decidido. O que eles não esperavam, é o que nome Bluetooth fosse um sucesso instantâneo e que nunca mais seria alterado. As várias partes envolvidas se reuniram e o Grupo de Interesse Especial Bluetooth foi formado para desenvolver esse padrão que usamos até hoje.

O logotipo oficial do Bluetooth é uma ‘runa de ligação’ ou uma forma combinada de dois símbolos rúnicos em um fundo azul. Estas são as iniciais do Rei Bluetooth de acordo com as runas escandinavas e virou esse logotipo azul que todos conhecem muito bem.

Os Dispositivos Echo Estão Disponíveis no Site da Amazon.

Acesse Aqui: