|

Compartilhe!


O Google trouxe recursos de IA generativa para os Apps do Workspace, que geram textos para o usuários, mas isso é totalmente confiável?

IA do Google para o Workspace

IA do Google para o Workspace escreve seu texto o Gmail

As IAs estão conquistando novos campos, e não estou falando da Alexa e Siri, que já estão presentes em várias casas. Hoje, temos o ChatGPT, que resolve problemas bem complexos e também conversa com os usuários, além da nova IA do Workspace, do Google. Os Apps do Google Workspace, como Gmail, Agenda, Meet, Chat, Drive, Documentos, Planilhas, Apresentações e Formulários, estão recebendo recursos de IA para escrever rascunhos e gerar imagens, sem que você digite uma linha. Nesse novo avanço para integrar a tecnologia IA em seus produtos e serviços, o Google visa a Microsoft. Por isso o Google já lançou uma série de ferramentas baseadas em IA para os seus produtos e serviços. Como a integração de IA com o Bing, navegador Edge, Office 365 e Windows 11.

Mesmo assim, o Google anunciou que introduzirá esses recursos de escrita, baseados em IA, no Documentos e no Gmail. Isso faz parte de sua expansão de aprendizado de máquina para os Apps do Workspace. Ele também vai trazer experiências generativas de IA para os aplicativos Slides, Sheets, Meet e Chat. Ou seja, eles realizarão tarefas como criação de imagens e vídeos, análise de dados e até anotações. Os recursos já estão disponíveis para testes em beta e, em breve, serão lançados para o público. Os usuários poderão redigir, responder, resumir e priorizar seus e-mails, utilizando as ferramentas generativas de IA no Gmail. Além disso, os usuários também poderão criar rascunhos no Documentos e, em seguida, revisar e até pedir para a IA editar esse rascunho.

Quais as preocupações e consequências da IA generativa do Google

Com ajuda da IA, os usuários poderão criar um rascunho para responder um e-mail no Gmail, ou escrever sobre um tópico no Documentos, com apenas alguns comandos. Tudo isso usando a ferramenta de escrita com Inteligência Artificial, basta clicar no ícone de varinha ou no botão ajude-me a escrever. Essa ferramenta vai refinar ou editar ainda mais o rascunho, oferendo mais sugestões com frases específicas. Os usuários também poderão alterar a tonalidade e o estilo de escrita, utilizando mais opções de edição. Como Formatar, Elaborar, Encurtar e Criar Marcadores, até que tudo esteja de acordo com as suas configurações de preferência. Além disso, os usuários também podem optar por um texto todo realizado com ajuda dessa Inteligência Artificial, pois o Google tem a opção Estou com Sorte, que pode gerar rascunhos inteiros.

A IA pode substituir um redator?

Por mais útil que isso possa parecer, essa forte dependência da escrita com IA já é uma fonte de preocupação. Pois isso pode afetar quem trabalha com criação de conteúdo, como redatores, RH, relações públicas, designers e vários outros. A integração dessa IA generativa, com um dos Apps de redação mais populares do mundo, pode até acabar com alguns empregos. Apesar de não achar que essas IAs consigam criar um texto criativo.

Desde que o ChatGPT foi lançado, em novembro do ano passado, milhares de pessoas se inscreveram no serviço. Os usuários criaram ensaios acadêmicos, poemas, relatórios de tese e outros conteúdos baseados em texto, utilizando ferramentas de IA. Portanto, os riscos inerentes não podem ser ignorados. Essa tecnologia ainda está em seu estágio inicial, por isso ainda produz um conteúdo não muito confiável. Ou seja, ela ainda fornece fatos imprecisos, resultando na disseminação de informações incorretas.

Mas a minha maior preocupação, é que o texto gerado por uma IA ainda vai depender dos algoritmos e dos dados de treinamento, algo que pode resultar em discriminação e muita desinformação. Além disso, o Gmail e outros produtos do Google, vão poder ter acesso a muitas informações pessoais, pois elas podem se tornar parte dos dados de treinamento da IA. Algo bem preocupante, pois o Google já acessa várias informações de quem não tem preocupação alguma com isso.

Já testei uma IA que criava poesia e ela era muito robótica e nem um pouco criativa. Não acho que essas IAs conseguirão criar um texto publicitário criativo, um artigo complexo, ou até escrever um e-mail muito pessoal. Além disso, o Google e todas as empresas que estão entrando nessa onda de Inteligência Artificial, têm várias preocupações para resolver primeiro.

Na Amazon você encontra produtos para ter uma Casa Conectada

Amazon


Publicidade Publicidade

Artigo:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Posts
Relacionados
Publicidade
plugins premium WordPress