•  
  •  
  •  
  •  

O Spotify adquiriu a Podz, uma startup cuja tecnologia gera clipes de pré-visualização de Podcasts e facilita a vida do usuário. Ao contrário de outros serviços onde os podcasters criam clipes manualmente, o Podz automatiza o processo de localização de momentos-chave dos episódios, usando aprendizado de máquina treinado em mais de 100.000 horas de áudio.

A aquisição visa melhorar a descoberta de Podcast, permitindo que usuários naveguem em clipes curtos, em vez de escutarem episódios de podcast com 30 minutos ou mais. O Spotify diz que isso deixará mais fácil o processo para os ouvintes encontrarem o conteúdo que desejam ouvir e para os criadores serem descobertos e construirem uma base maior de fãs. A Start-up Podz disse ao TechCrunch que os usuários de sua plataforma costumam acompanhar até 30 podcasts, enquanto a média é de sete.

A intenção do Spotify é deixar a vida dos ouvintes mais simples, para que eles encontrem rapidamente o conteúdo que desejam ouvir.

A aquisição segue o anúncio de Podcast com assinatura no Spotify, possibilitando que parceiros selecionados cobrem pelo acesso ao seu conteúdo. Embora o Spotify não esteja planejando arrecadar os seus 5% da receita de assinaturas, pelo menos até 2023, eventualmente ele terá um incentivo financeiro que encoraje o seu ouvinte a encontrar e assinar o maior número possível de Podcasts. Especialmente porque agora está competindo com as assinaturas do novo aplicativo Apple Podcasts, que foi lançado este mês.

O Spotify diz que planeja integrar a tecnologia Podz em sua plataforma e que alguns dos resultados devem ser visíveis antes do final desse ano.

Cilque e faça o teste grátis do Apple Music: