•  
  •  
  •  
  •  

O mercado de Anime acordou agitado com a notícia sobre a fusão entre a Crunchyroll e a Funimation. Nessa quarta-feira a Sony informou que comprou o serviço de streaming de anime Crunchyroll da AT&T, por US $ 1,175 bilhão.

Agora a Crunchyroll se tornará parte da Funimation da Sony, que já licencia muitos programas populares, como Attack on Titan, Fullmetal Alchemist e One Piece. Com essa fusão entre a Crunchyroll e a Funimation, a Sony passa a ter um tremendo poder sobre o anime no mundo, numa época em que muitas outras empresas de mídia estão tentando descobrir seu conteúdo de anime, como a Netflix, que também investiu pesadamente no licenciamento e na produção de seu próprio catálogo.

“Estamos muito entusiasmados para embarcar nesta nova jornada”, disse Joanne Waage, gerente geral da Crunchyroll, em um comunicado. “A Crunchyroll construiu uma marca reconhecida mundialmente, com uma base de fãs apaixonados que somam mais de 3 milhões de assinantes, 50 milhões de seguidores e 90 milhões de usuários registrados. Esses fãs incríveis ajudaram a impulsionar o anime e transformá-lo em um fenômeno global.”

“Combinar a força da marca Crunchyroll e a experiência de nossa equipe global com a Funimation, é uma perspectiva empolgante e uma vitória para a incrível arte do anime.” “A união da Funimation e da Crunchyroll é uma vitória para os fãs de anime em todo o mundo, que elevará a arte e a cultura desse meio nas próximas décadas”, disse Colin Decker, CEO do Funimation Global Group, em um comunicado. “Combinar essas duas grandes empresas será uma vitória para os fãs e nos permitirá competir em uma escala verdadeiramente global. Tenho a honra de dar as boas-vindas à maravilhosa equipe da Crunchyroll nessa nova missão compartilhada, que é ajudar todos a conhecerem o extraordinário mundo do anime.”

A AT&T vinha procurado a Crunchyroll há algum tempo e, aparentemente, estavam em negociações há meses. Em agosto, o The Information relatou que a AT&T queria que a Sony pagasse US $ 1,5 bilhão pela Crunchyroll, e os dois lados estariam perto de um acordo de quase US $ 1 bilhão em outubro.

A AT&T comprou a Crunchyroll como parte da Otter Media em 2018, por uma quantia de mais de US $ 1 bilhão, de acordo com o New York Times. A venda deu à AT&T a propriedade de uma série de conteúdos digitais. John Stankey, atual CEO da AT&T, que na época era chefe da WarnerMedia, disse que a empresa usaria a aquisição da Otter Media para “aproveitar a experiência da Otter” e, ao mesmo tempo, fortalecer seus próprios ativos digitais. Sob a liderança de Stankey, a AT&T e a WarnerMedia estão agora focadas na construção da HBO Max, a joia da coroa das empresas e que já tem previsão de lançamento para 2021.

E aí? Ficou animado com essa fusão que balançou as estruturas do mundo anime? Comente em nossas Redes Sociais.

Você pode assinar o Serviço de Streaming Funimation Clicando Aqui