Law & Order: Organized Crime é, sem dúvida, uma das séries mais empolgantes do Star+ e está conseguindo manter os assinantes interessados nos próximos episódios.

Com mais de 1.100 episódios e sete séries, Law & Order continua atraindo a atenção do público e a razão para que isso aconteça não é difícil de adivinhar: a série mostra um mundo onde os piores crimes são enfrentados pelos melhores detetives e tudo está perfeitamente embrulhado nesse enredo de sucesso.

Uma prova dessa longevidade é a mais recente série Law & Order: Organized Crime, que está disponível no Star+. Essa série derivada tem um sabor um pouco diferente, pois apresenta um novo perfil sobre o papel e procedimento dos policiais no mundo atual.

Logo nos primeiros episódios vemos Elliot Stabler investigando o assassinato de sua esposa e conhecendo a sua nova equipe de trabalho. As investigações desse assassinato chegam ao mercado ilegal de vacinas contra a COVID-19 e nos lembra que a série se passa nos dias atuais. Apesar dos primeiros episódios fazerem pouca menção aos protestos inspirados em George Floyd, que foram uma marca registrada do ano passado, assim como a pandemia. Só que a pandemia oferece um problema que requer uma solução policial na série, enquanto os protestos do Black Lives Matter mostram que o policial é o problema. Como Organized Crime está mais centrado nos chefões do crime e, pelo menos até agora, falou pouco sobre racismo, a série tem uma lista de atores demograficamente diversificados na força-tarefa de Stabler, assegurando que negros, latinos e LGBTQ façam parte desse derivado de Law & Order.

Em Organized Crime vemos o problema da Covid-19 e como o governo americano está trabalhando na vacinação das pessoas e para prevenir a propagação da doença. Só que um empresário chamado Richard Wheatley (Dylan McDermott) tem intenções diferentes e rouba uma remessa de vacina da Covid-19 para tentar vendê-la.

A equipe de Stabler fica sabendo de suas intenções e, junto com a sua equipe, tenta derrubar Wheatley. Após uma festa da vacina para pessoas inescrupulosas e ricas, a equipe consegue encontrar o lote de doses e prendem um médico por vacinar ilegalmente essas pessoas egoístas e endinheiradas. Você pode estar pensando que Organized Crime ficará concentrado nesse problema de contrabando de vacinas, mas a série apresentará várias situações interessantes até o último episódio.

Law & Order: Organized Crime é uma ótima atualização para essa franquia e apresenta uma nova dinâmica entre os personagens, que agora enfrentam chefões do crime organizado. Você pode assistir essa série no Star+ e a segunda temporada já está prontinha e deve ser liberada em 2022. Uma prova de que Elliot, sua equipe e outros personagens (não vou falar para não estragar a surpresa) estão fazendo muito sucesso.

Artigo: Hugo Machado

Assista Law & Order: Organized Crime com uma assinatura do Star+.

Na Amazon você encontra uma loja especial de Blu-Ray e DVD