|

Share on facebook
Share on twitter

Compartilhe!

Drew Barrymore acreditava que o personagem E.T. do filme fosse verdadeiro e Steven Spielberg incentivava a jovem atriz.

Drew Barrymore e E.T.

Assisti E.T. O Extraterrestre no cinema e nem parece que já se passaram 40 anos, desde que essa icônica aventura de Spielberg chegou às telas. O filme aqueceu os corações de quem assistiu e ainda emociona, algo que levou a uma impressionante bilheteria de US$ 794 milhões. E.T. conta a história de um alienígena abandonado, que faz amizade com um grupo de crianças aqui na Terra. O filme mostra essas crianças tentando devolvê-lo ao seu planeta natal, mas isso precisa acontecer antes que os agentes do governo possam capturá-lo.

E.T. O Extraterrestre teve um elenco de atores mirins, com Drew Barrymore interpretando Gertie, a irmã mais nova de Elliot (Henry Thomas), além de Michael (Robert McNaughton). Após o filme, Barrymore passou a se tornar um nome familiar para o público. Além de vários filmes, hoje ela é a apresentadora do The Drew Barrymore Show, onde a estrela de As Panteras (Charlie’s Angels) faz entrevistas.

E.T. O Extraterrestre completa 40 anos em 2022

Esse programa vai ter um episódio especial, onde Barrymore vai entrevistar sua antiga família E.T., com Thomas, McNaughton e Dee Wallace, que interpretou a mãe de Gertie, Mary. Barrymore vai falar sobre as experiências do elenco infantil, algo que tornou o filme icônico. Ela também vai revelar que suas reações ao alienígena animatrônico, certamente eram bem reais. A atriz postou um clipe na sua conta oficial do Twitter, onde ela diz: “eu acreditava que o E.T. era real… Eu realmente o amava de uma maneira profunda”. Seus colegas de elenco também confirmaram isso, com Thomas acrescentando:

“A primeira coisa que me lembro é que estávamos gravando e estava muito frio na gravação, e Barrymore perguntou à camareira se tinha um lenço para o pescoço do ET, porque ele ia ficar com frio, então ela coloca o lenço no pescoço dele.”

Apesar de ter feito sua estréia no filme Viagens Alucinantes (Altered States), com William Hurt, E.T. o Extraterrestre continua sendo um dos papéis mais icônicos da filmografia de Barrymore. Embora seja conhecida por seu trabalho nos filmes As Panteras (Charlie’s Angels) e outros com Adam Sandler, como Afinado no Amor (The Wedding Singer), Como Se Fosse a Primeira Vez (50 First Dates) e Juntos e Misturados (Blended), seu papel nessa ficção científica de Spielberg continua sendo o mais icônico. Spielberg conseguiu capturar a natureza assustada da jovem atriz, principalmente quando ela encontra o alienígena pescoçudo e fica curiosa por ele ser de outro planeta. Wallace também compartilhou anteriormente, que várias estrelas do filme encontravam Drew Barrymore interagindo com o boneco do filme E.T. entre as cenas.

Filmes de Spielberg sempre tiveram crianças em destaque

As crianças sempre foram o centro dos filmes de Spielberg e o cineasta gostava de dirigi-las. Como o ator Key Huy Quan, de Indiana Jones, já disse: “Spielberg sabe como equilibrar a direção, enquanto atende às necessidades de seus jovens artistas.”

Os efeitos especiais de E.T. O Extraterrestre foram sensacionais para a época, mas as atuações dos jovens atores conquistaram os cinéfilos. Por isso que, 40 anos depois, E.T ainda é tão real para o público, como foi para a jovem Drew Barrymore.

As bicicletas passando pela lua é um cena icônica e está no imaginários de todos.

Na Amazon você encontra vários produtos do filme E.T. O Extraterrestre



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Artigo:

Publicidade
Posts
Relacionados
Publicidade