|

Share on facebook
Share on twitter

Compartilhe!

Funkytown é um Hit e continua a aparecer em comerciais, festas, boates, casamentos ou em filmes e você já dançou ao som dessa música, da banda Lipps, Inc.

Você provavelmente já foi em alguma festa, casamento, boate, danceteria e a música Funkytown estava tocando, para abrir a pista de dança. Os mais ousados e ousadas até ensaiavam um passinho de robô, que combina com Funkytow e o seu som sintético e reluzente, inspirado na Euro-disco de Giorgio Moroder.

Funkytown traz uma alegria explosiva absurda e, no fundo, é uma música da época da discoteca. Sua batida é marcante e a letra vagamente utópica, já os teclado exploram a sonoridade sintética dos anos 80. Cynthia Johnson canta o verso de introdução através de um vocoder, algo que deixa a sua voz totalmente robótica. Quase todos os elementos dessa música são programados e processados, até mesmo a guitarra e o saxofone.

Essa alquimia existente em Funkytown é simplesmente perfeita e combina com a batida galopante da bateria, os chocalhos, o refrão das cordas e o efeito sonoro de buzina. Cynthia Johnson canta a música com uma voz treinada no gospel e traz uma sensibilidade sonora à faixa.

Funkytown apareceu em primeiro lugar na Billboard e ficou na lista durante muito tempo. Mesmo com esse sucesso, é um pouco estranho que essa música, cantada por uma mulher negra, tenha apenas rostos estilizados de mulheres brancas na capa do disco. Sem falar no videoclipe mais conhecido de Funkytown, que contratou uma loira britânica chamada Debbie Jenner, para atuar como o rosto da Lipps, Inc. na Alemanha Ocidental e na Holanda.

Abaixo eu disponibilizo uma apresentação de Cynthia Johnson em 1979. Afaste os sofás!

Na Amazon você encontra uma loja especial de discos em vinil



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Artigo:

Publicidade
Posts
Relacionados
Publicidade