|

Share on facebook
Share on twitter

Compartilhe!


A banda Creedence Clearwater Revival explodiu no final dos anos 60 e criou alguns dos clássicos mais famosos do rock’n’roll, como Proud Mary e Fortunate Son.

John Fogerty é um verdadeiro ícone do rock e foi líder do Creedence Clearwater Revival, no final dos anos 60 e início dos anos 70. Fogerty escreveu e cantou alguns clássicos do rock’n’roll, que fazem sucesso até hoje. Músicas como Proud Mary, Bad Moon Rising, Travelin’ Band e Have You Ever Seen The Rain, para citar apenas algumas.

A quantidade de músicas que o Creedence criou no final dos anos 60 e início dos anos 70, é algo simplesmente insano. Em termos de qualidade e quantidade, apenas os Beatles poderiam enfrentar essa banda, durante esse período. O Creedence criou três álbuns, apenas em 1969 e depois disso tiveram um crescimento musical constante, ampliando a complexidade de suas composições.

Abaixo selecionamos alguns álbuns inesquecíveis dessa banda

Creedence Clearwater Revival – 1968

Creedence Clearwater Revival foi o álbum de estreia do grupo e John Fogerty ainda estava iniciando sua carreira. Nesse primeiro álbum, as duas músicas que fizeram mais sucesso foram os covers I Put A Spell On You e Susie Q, um rockabilly da Louisiana, que depois de ser editado atingiu o 11º lugar na parada de singles dos EUA.
A partir do segundo álbum da banda, que falo na sequência, o Creedence realmente encontrou sua voz e virou uma lenda do Rock

Compre esse álbum na Amazon – Clique Aqui

Cosmo’s Factory – 1970

Em 1970 a banda lançou o álbum campeão de vendas do Creedence Clearwater Revival. Cosmo’s Factory liderou as paradas nos EUA e no Reino Unido e continua sendo a obra-prima de John Fogerty. Esse álbum apresenta duas músicas empolgantes e imortalizadas como padrões do rock ‘n’ roll. Estou falando de Travelin’ Band e Up Around The Bend.

Compre esse álbum na Amazon – Clique Aqui

Green River – 1969

Green River foi mais ousado do que os dois primeiros álbuns do Creedence e trouxe o lado sinistro de Fogerty, no sucesso Bad Moon Rising. Essa é uma das músicas mais animadas do rock’n’roll, mas fala sobre as visões aterrorizantes de um apocalipse iminente. O Creedence pegou pesado no álbum Green River, que também tem o blues amaldiçoado de Tombstone Shadow.

Compre esse álbum na Amazon – Clique Aqui

Bayou Country – 1969

Esse foi o segundo álbum do Creedence e alcançou a sétima posição nas paradas americanas. Foi em Bayou Country que o som do Creedence finalmente criou forma. Sabemos que Fogerty é californiano, mas seu som é fortemente inspirado pelo sul dos EUA.
Nesse álbum surgiu Proud Mary, um hit transatlântico sobre os poderosos barcos fluviais: Rollin’, rollin’
Rollin’ on the river

Compre esse álbum na Amazon – Clique Aqui

Willy And The Poor Boys – 1969

Esse foi o último dos três grandes álbuns da banda, criados em 69, e foi lançado apenas três meses após Green River. Fogerty ainda transpirava criatividade e iniciava sua agitação social com a música Effigy. Porém, a sua eterna canção de protesto surgiu nesse álbum, a poderosa Fortunate Son.
As outras músicas desse álbum são baladas country e nenhuma supera Fortunate Son, a minha preferida do Creedence

Compre esse álbum na Amazon – Clique Aqui

Pendulum – 1970

Esse é o sexto álbum do Creedence e foi o último com Tom Fogerty, além de ser o último grande trabalho da curta carreira dessa banda. Pendulum tem as duas das canções que John Fogerty mas gosta. Hey Tonight e a fantástica Have You Ever Seen The Rain?.
Infelizmente, depois desse álbum, a banda nunca mais foi um sucesso.

Compre esse álbum na Amazon – Clique Aqui

Após esses álbuns, o Creedence acabou e John Fogerty tentou uma carreira solo, lançando vários discos.

Conheça a Loja de Disco de Vinil e CD da Amazon:



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Artigo:

Publicidade
Posts
Relacionados
Publicidade