|

Share on facebook
Share on twitter

Compartilhe!

Nada melhor do que ouvir um rock romântico juntinho de quem você ama, por isso selecionamos 8 canções para escutar com aquela pessoa que está sempre ao seu lado.

Veja abaixo a nossa seleção de 8 músicas românticas do rock e monte sua playlist.


8 – Crazy on You – Heart

Este single de estreia do Heart começa acusticamente lento e depois se transforma num rock poderoso e perfeito para escutar juntinho com quem você ama. Nessa época a vocalista Ann Wilson estava namorando o guitarrista do Heart, Mike Fisher, mas ele fugiu para o Canadá tentando evitar o recrutamento militar.

7 – More Than Words – Extreme

A Banda Extreme se afastou do seu estilo funk/rock com esta balada que exalta o amor, dizendo que amar é muito mais do que palavras. Além disso, essa música é descrita como uma bênção e uma maldição pela banda, mesmo assim ela lançou o extreme para o estrelato internacional e agora é fundamental em qualquer situação romântica.

6 – Still Loving You – Scorpions

Mesmo se você não estiver passando por um desgosto amoroso, ouvir essa música canaliza a dor de qualquer amante. Certamente a angústia e o arrependimento estão totalmente presentes nela, e até parece que você está testemunhando o fim de um relacionamento. Assim é Still Loving You, da banda Scorpions.

Cantamos essa música quando ela foi ao ar pela primeira vez no rádio. Também fazemos parte daquele grupo que grita essa música no chuveiro!” Foi isso que o guitarrista e membro fundador, Rudolf Schenker, disse sobre Still Loving You: “É uma história sobre um caso de amor, onde eles reconhecem que pode ter acabado, mas irão tentar novamente.” A letra da música é sensacional e o desempenho vocal é fantástico. É uma verdadeira obra de arte.

5 – All I Want is You – U2

Sou suspeito para falar sobre o U2, pois gosto de praticamente todas as músicas, mas All I Want is You é uma daquelas baladas perfeitas. Ela foi escrita para a esposa do cantor Bono, Ali, e apresenta arranjos de cordas de Van Dyke Parks, colaborador frequente dos Beach Boys. Além disso, a performance de Bono nos vocais é perfeita. Por isso essa música tem toda a potência musical do U2.

4 – SomethingThe Beatles

Ninguém poderia imaginar que a maior canção de amor dos Beatles não foi escrita nem por Paul McCartney, nem por John Lennon. George Harrison foi o responsável por esta obra-prima, que supostamente foi composta para a sua esposa, Patti Boyd. Harrison compartilhou: “Nunca consegui pensar em palavras para isso. E também porque havia uma música do James Taylor chamada Something In The Way She Moves, que é a primeira linha dela. E então eu pensei em tentar mudar as palavras, mas foram as palavras que vieram quando eu escrevi a música pela primeira vez, então no final eu apenas deixei assim.”

“Something in the way she moves
Attracts me like no other lover
Something in the way she woos me”

3 – Sweet Child O’ Mine – Guns N’ Roses

A melodia dessa música surgiu quando Slash estava brincando, durante o aquecimento da banda para um show. No entanto, a partir daí, essa canção se tornou o primeiro hit do Guns N ‘Roses, ficando em primeiro lugar no seu álbum de estreia. A música é uma verdadeira colaboração entre todos os membros, mas Axl escreveu a letra sobre o seu relacionamento com a então namorada, Erin Everly.

“She’s got a smile that it seems to me
Reminds me of childhood memories
Where everything was as fresh
As the bright blue sky”

2 – Faithfully – Journey

Nunca fui a um show do Journey, mas imagino vários isqueiros pra cima quando a banda toca Faithfully, uma música pra você escutar acompanhado, ou até se estiver distante de alguém. Escrita por Jonathan Cain, essa música diz que é difícil permanecer fiel, como um músico em turnê de Rock. Ironicamente, logo após o lançamento da música, ele e sua esposa se divorciaram.

1 – Love of My Life – Queen

A música Love of My Life foi criada por Freddie Mercury e fala sobre o seu relacionamento com a companheira, de longa data, Mary Austin. Love Of My Life se tornou tão popular, que quando o Queen a tocava num show, Mercury frequentemente ficava em silêncio e deixava o público soltar a voz. Portanto, essa música é perfeita e ainda mostra todo o incrível alcance vocal de Mercury. Ela faz parte do álbum A Night at the Opera, de 1975 e não pode faltar na playlist de nenhum casal.


Conheça a Loja de Disco de Vinil e CD da Amazon:



Publicidade
Publicidade
Publicidade Publicidade

Artigo:

Publicidade
Posts
Relacionados
Publicidade
plugins premium WordPress