•  
  •  
  •  
  •  

Gostamos de criar listas com os melhores e sempre procuramos um tema interessante. Hoje, vamos mostrar a nossa seleção com as oito melhores capas de disco do Heavy Metal, algo que não foi muito fácil pois quase todos as capas desse gênero musical são fantásticas e surreais.

A origem básica da palavra Heavy Metal vem de várias fontes, por isso é difícil determinar exatamente onde o termo foi criado. Mas existem certas teorias que parecem esclarecer essa dúvida. Embora a palavra derivada do famoso romancista William Burroughs seja amplamente aceita, que incluiu em um de seus romances um personagem cujo apelido era “o garoto do heavy metal”, o termo remonta ao século XIX.

Na música o termo apareceu na letra do famoso álbum do Steppenwolf “Born to be Wild” (1968) pela primeira vez e, em 1970, os críticos de música já se referiam ao termo Heavy Metal Music como um estilo específico e único.

Se viajarmos profundamente pelos fundamentos do Heavy Metal, perceberemos que há um grande histórico de música clássica. Guitarristas com experiência em música clássica desenvolveram novas e melhores formas de progressões de acordes e solo. Essa influência dos guitarristas deu origem a uma abordagem completamente nova para composições, energia, atmosfera, solos de guitarra, vocais, letras e apresentações ao vivo. Os músicos começaram a se desviar dos tons clássicos padrão e os misturaram com riffs pesados, acompanhados por padrões de bateria. A letra tinha um tema básico e girava em torno desse ritmo, com uma mensagem pessoal.

A partir daí as músicas ficaram cada vez mais focadas e políticas e, na década de 1960, o Heavy Metal se tornou uma tormenta no meio de um oceano calmo. O ritmo se espalhou pelas mentes musicais do mundo na década de 1970 e ganhou um lugar sólido em quase todos os continentes.

Veja abaixo as 8 Capas de Discos do Heavy Metal que escolhemos.

Black Sabbath – Black Sabbath

A pedra fundamental do Heavy Metal, esse disco é excelente e tem uma arte da capa bem sombria.

As imagens assombrosas, fantasmagóricas e tenebrosas ficam na sua mente desde o momento que você as vê. Tente imaginar quando este álbum chegou às prateleiras pela primeira vez. Tínhamos os Beatles e o início do rock, um tempo simultaneamente alegre e grandioso. E então você vê isso na loja, com o seu visual arrepiante e assombroso. É como se você estivesse olhando para algo morto, que acabou de sair de uma casa mal-assombrada ou uma pequena fatia do Inferno e isso torna essa capa inesquecível.

Dio – Holy Diver

Quando se trata de capas de álbuns com demônios, dragões e outros elementos de espadas e feitiçaria, ninguém se aproxima do mestre, Ronnie James Dio. Nesta pintura de Randy Berrett, temos o clássico demônio DIO em pé, no topo de uma montanha sinistra, mostrando os chifres de metal com a mão e girando uma corrente, todo poderoso, enquanto observa um padre algemado afundar no oceano. Se isso não gritar Heavy Metal, eu não sei o que pode ser mais representativo.

Black Sabbath – Heaven and Hell

Os fãs do Black Sabbath podem não saber que essa arte da capa foi tirada de uma pintura da artista Lynn Curlee, intitulada “Smoking Angels”. Anjos fumando cigarros é o que melhor descreve a existência simultânea do céu e do inferno? Podemos ter mais de uma interpretação sobre isso. A primeira é a mesma da artista e a segunda é que uma pessoa que parece tão pura quanto um anjo, por fora, poderia facilmente ser um demônio, por dentro. Não lembro de ter visto essa capa nas lojas de disco em 1980, mas com certeza ela representa a essência do Heavy Metal.

Iron Maiden – Fear of The Dark

Fear of the Dark não é o melhor álbum do Iron Maiden, mas tem uma da melhores capas. É simplesmente incrível ver o monstro brotando de uma árvore e os fãs de terror e naturezas demoníacas raramente sentem pavor dessas imagens horríveis, que mostram carne e casca de árvore entrelaçadas. Provavelmente eles acham bastante épico.

Além disso, temos todas essas cores frias que impressionam e mostram uma sensação de escuridão na capa. Muitas capas de álbuns de metal demoníaco incorporam o vermelho ou o preto e, raramente, tons frios de azul que combinam perfeitamente com a minha música preferida desse disco: “Fear of the dark, fear of the dark, I have a phobia that someone’s always there”

Judas Priest – Screaming For Vengeance

De uma terra desconhecida e através de céus distantes veio um guerreiro alado metalizado. Nada permaneceu sagrado, ninguém estava a salvo do Hellion enquanto ele pronunciava o seu grito de batalha: “Screaming for Vengeance”, diz a contracapa deste álbum. Uma das capas mais memoráveis, pois foge dos tons sombrios e lança um amarelo ouro com uma águia metalizada pronta para chutar o traseiro de quem surgir pela frente. Este foi o primeiro álbum duplo da banda e recebeu um disco de platina. Com certeza a arte dessa capa teve algo a ver com isso.

Kiss – Destroyer

Não existe lista de capas de disco de Heavy Metal sem a presença do Kiss e essa arte do álbum Destroyer é icônica e está presente em camisetas, cartazes e buttons desde a década de 1970. A arte dessa capa foi criada por Ken Kelly e deu ao artista um tremendo impulso profissional, além de tornar o Kiss uma das bandas de rock mais populares da história.

Korn – Follow The Leader

A banda Korn é conhecida por lançar álbuns com capas inspiradas em pesadelos e a do disco Follow the Leader é singelamente sombria. As capas do Korn quase sempre mostram uma sensação de inocência corrompida ou manchada de alguma forma e esta tem uma garota pulando amarelinha rumo à um penhasco, mostrando que é perigoso seguir o caminho que traçaram para você. Uma capa com a cara do Heavy Metal.

Megadeth – The System Has Failed

O Megadeth sempre procurou criticar o nosso sistema falido e o conteúdo musical dos seus álbuns, obviamente, zomba da política americana e mundial. Essa capa é sensacional porque mostra uma enorme quantidade de detalhes e figuras políticas famosas ou notórias, em situações críticas. Temos uma pasta rotulada como Plano B, uma lista de multas monetárias, por vários crimes cometidos, ao lado da mesa de Vic que mostra o veredicto de inocente em uma mão e o dinheiro na outra, com as palavras Injustiça Desigual Sob a Lei escritas no famoso prédio ao fundo, sugerindo como o sistema permite que os criminosos de colarinho branco e de fardas, escapem.

Assim deve ser o Heavy Metal, contestador, barulhento e sempre pronto para dar uma paulada na sociedade careta.

Artigo: Hugo Machado


Conheça a Loja de Disco de Vinil e CD da Amazon: