|

Share on facebook
Share on twitter

Compartilhe!

A 1ª temporada de Yellowjackets termina com uma revelação chocante sobre outro sobrevivente e alguns detalhes desse episódio final preparam para a 2ª temporada.

Yellowjackets é uma daquelas séries que vai lançando vários mistérios na primeira temporada, para depois revelar o que irá acontecer nas temporadas seguintes. Só espero que não seja como Lost e venha com uma explicação absurda ou como Jericho, que só teve uma primeira temporada e nunca soubemos como acabaria. O final da primeira temporada de Yellowjackets tem várias reviravoltas e surpresas, preparando para uma emocionante e já confirmada, segunda temporada.

Yellowjackets, do Paramount+, é uma das melhores séries de terror de 2021, conquistando o público com uma mistura convincente de drama, suspense, emoção e intriga. Depois de uma temporada imprevisível e cheia de revelações chocantes o episódio 10, Sic Transit Gloria Mundi, aumentou ainda mais as expectativas, introduzindo vários mistérios bem atraentes para a segunda temporada.

Yellowjackets mostra a história sombria de um grupo de amigas

Yellowjackets mostra a história de várias mulheres que sobreviveram a um terrível acidente de avião e ficaram vários meses presas na selva: Shauna (Melanie Lynskey), Taissa (Tawy Cypress), Natalie (Juliette Lewis) e Misty (Christina Ricci). As quatro se reconectam depois de receberem cartões postais que ameaçavam revelar o que realmente aconteceu nos 19 meses após o acidente. A narrativa é dividida em duas linhas do tempo, com uma ocorrendo nos dias atuais e outra em 1996, mostrando as versões adolescentes das personagens principais de Yellowjackets, ao lado de vários outros sobreviventes.

Durante a primeira temporada de Yellowjackets, percebemos que poderia haver mais sobreviventes, além das quatro mulheres. O único adolescente no avião, Travis, também sobreviveu, pelo menos até ser morto na linha do tempo atual. A temporada também revelou o destino de alguns sobreviventes originais, como Laura Lee (Jane Widdop), que morreu tragicamente em um acidente de avião e Jackie (Ella Purnell), que congelou até a morte após uma briga com Shauna. Só que nos momentos finais do episódio 10, a série confirmou mais um sobrevivente ainda vivo e preparou o terreno para uma segunda temporada eletrizante.

O que acontece no final da 1ª temporada de Yellowjackets

No episódio final vemos Misty, Taissa e Natalie ajudando Shauna a encobrir o assassinato de Adam, na linha do tempo atual, enquanto suas versões adolescentes lidam com suas ações durante uma festa movida a cogumelos. Já as Yellowjackets adultas comparecem à festa de 25 anos, enquanto a parceira de Taissa, Simone (Rukiya Bernard), descobre um santuário bizarro escondido no porão da casa. Misty libera sua prisioneira, mas arma uma overdose aparentemente acidental, injetando drogas no cigarro da vítima.

Nos minutos finais do episódio 10 de Yellowjackets, Taissa descobre que, surpreendentemente, ganhou a eleição, Jackie morre congelada e a tentativa de suicídio de Natalie, nos dias atuais, é interrompida por figuras desconhecidas que a sequestram. Finalizando o episódio, o contato de Natalie do banco liga, deixando uma mensagem de voz na qual ela afirma que Lottie esvaziou a conta bancária de Travis, indicando que ela também sobreviveu e provavelmente teve algo a ver com o assassinato de Travis.

Lottie está viva e o que isso significa para a 2ª temporada de Yellowjackets?

Provavelmente Lottie Matthews será a principal antagonista daqui para frente. Ao longo da primeira temporada os problemas mental da jovem e possíveis habilidades psíquicas, são uma subtrama da série. A experiência psicodélica na festa encoraja Lottie e no episódio 10 ela passa a ter uma presença muito mais ameaçadora. Ela não apenas mata um urso com uma faca, mas também aparece realizando um ritual com Van (Liv Hewson) e Misty (Sammi Hanratty). Antes do acidente Lottie tomava remédios que controlavam suas visões e sem esses medicamentos ela acabou sendo influenciada pela religiosa Laura Lee e se apoiou nessas crenças espirituais. Lottie agora está convencida que tem poderes proféticos e isso será explicado na segunda temporada.

Vimos no episódio 10 que os desconhecidos que sequestram Natalie estão fazendo isso em nome de Lottie. A roupa deles é bem estranha, toda cinza e tem pingentes com o símbolo da floresta. Suzie (Colleen Wheeler) está claramente com medo de Lottie e pensa que algum desconhecido a está seguindo. Com Lottie apresentando o coração do urso e pedindo à escuridão para libertá-los, provavelmente ela será uma espécie de líder de algum culto lunático. Provavelmente saberemos por que ela mataria Travis? E o que ela quer com Natalie?

Misty revela ser uma mulher perigosa

Um dos momentos mais chocantes desse final da primeira temporada foi Misty deixando Jessica ir, já que tudo encaminhava para um confronto mais violento, especialmente após a reação de Misty quando o seu pássaro de estimação, Calígula, foi ameaçado. Misty armou para cobrir os seus rastros e ela injetou droga nos cigarros para que quando Jessica, inevitavelmente, os fumasse, ela tivesse uma overdose. Para evitar suspeitas, ela inicialmente os jogou fora, sabendo que sua prisioneira iria pedir seus cigarros. Esse incidente revela a vontade que Misty tem de matar.

Santuário Secreto de Taissa

Cenas rápidas mostram Taissa vencendo a eleição e Simone descobrindo um santuário perturbador, escondido no porão, que inclui o sacrifício do seu cachorro de estimação, a boneca do seu filho e o que parece ser um coração. Desenhado na parede do santuário está o mesmo símbolo que apareceu na floresta e provavelmente estava na cena do assassinato de Travis. A maneira como essas duas cenas são intercaladas, implica fortemente que elas estão conectadas. Isso levanta a questão: Taissa realizou algum tipo de ritual para ganhar a eleição?

Nada que o público tenha visto até agora indica que Taissa é uma pessoa supersticiosa e ela até parece ter medo do que pode fazer, quando está sonâmbula. É possível que Taissa tenha montado o santuário sem saber, durante um sonambulismo, sugerindo ainda um possível elemento sobrenatural para esse problema. Também é possível que as mesmas pessoas do culto, que mataram Travis e sequestraram Natalie, sejam responsáveis. Isso pode ser verdade se eles pretendem explorar o poder político de Taissa, na 2ª temporada. Portanto, o santuário poder ser uma prova dos seus delitos. É o coração de Adam na laje? De onde vieram as folhas secas? Isso tudo é um lembrete do que aconteceu na floresta, 25 anos atrás?

A morte de Jackie e o sonho de Shauna no final de Yellowjackets

Antes de Shauna descobrir o corpo de Jackie, no final de Yellowjackets, o público vê uma sequência de sonhos. Essa cena pode ser interpretada como o sonho de Shauna, mas o conteúdo sugere que as imagens estão sendo vistas pela perspectiva de Jackie. No sonho, Shauna pede desculpas a Jackie e ela volta para a cabine, onde é recebida com uma recepção extremamente calorosa do grupo. Jackie fica chocada quando recebe chocolate quente, mas depois fica cada vez mais perturbada, primeiro por causa da aparência de Laura Lee e depois por causa de uma figura masculina sinistra, ao fundo, que diz que estava esperando por ela. Provavelmente o cadáver encontrado no sótão, no episódio 3 de Yellowjackets.

De quem é o sonho que o público viu? Será que Shauna, de alguma forma, testemunhou as visões moribundas de Jackie? Independentemente disso, essa cena assustadora estabeleceu ainda mais o aspecto sobrenatural da série. Esse momento sugere que os espíritos daqueles que morrem na área, como Laura Lee, permanecem no local. Isso foi sugerido em um episódio anterior, quando Lottie teve sua primeira explosão psíquica. Também é possível, embora não muito provável, que Jackie não tenha morrido. Embora Jackie estivesse congelada, ela pode estar inconsciente por causa da hipotermia. Além disso, a garota que é morta no flashback do episódio 1 estava usando o colar de Jackie, outro mistério que só a segunda temporada poderá explicar.

Trailer do último episódio mostra a remoção de um corpo

No novo trailer promocional para o final da temporada de Yellowjackets, Misty (Christina Ricci) se encarrega da remoção do corpo. As outras Yellowjackets estão menos animadas por causa da brutalidade do crime, agravado por 25 anos de um trauma não resolvido.

Confira o trailer abaixo:

Apesar da segunda temporada já está confirmada, ainda não temos uma data de estreia.

Acesse a loja de DVD e Blu-ray da Amazon



Publicidade
Publicidade Publicidade
Publicidade

Artigo:

Publicidade
Posts
Relacionados
Publicidade