|

Share on facebook
Share on twitter

Compartilhe!


Na época do Atari os games não tinham grandes gráficos e por isso precisavam despertar a imaginação dos jogadores com caixas ilustradas por grandes artistas.

Quem jogou algum game no Atari sabe muito bem que as capas, das caixinhas do cartucho, aguçavam a nossa curiosidade. Eu, por exemplo, comprei vários cartuchos apenas pela arte das caixas e depois descobria que o game nem era tão bom. Lembrando que nessa época não podíamos testar os games e também ainda não existia a Web.

Nessa época as empresas de videogames davam pouca atenção à arte da capa, até a Atari tornar isso uma prioridade. “Eu senti fundamentalmente que este era um produto de consumo que necessitava do mesmo cuidado e atenção que um álbum de discos precisava”, explicou o fundador da Atari, Nolan Bushnell. “Eu queria que a arte tivesse uma consistência, para que imediatamente, quando você olhasse para a nossa embalagem, você soubesse que era da Atari e soubesse que era lindo.”

Um dos primeiros artistas que fez parceria com a Atari foi Cliff Spohn, um profissional com um estilo bem artístico. Spohn foi contratado para criar as capas de Combate e Surround, dois lançamentos da Atari na época. Seu trabalho foi marcante e, lógico, definiu a estética da Atari para sempre.

Arte de Cliff Spohn para o game Combat

Spohn aproveitou esse desafio único que a arte da capa oferecia e chegou a dizer que era como construir um quebra-cabeça. “Os pequenos ícones na tela eram tão abstratos que as crianças que jogavam imaginavam submarinos, navios de guerra e aviões e todo esse tipo de coisa”, disse Spohn. “Minhas capas meio que despertaram essa imaginação“. Continuou Spohn.

A Atari não perdeu tempo e começou a procurar artistas que pudessem imitar o estilo de Spohn. “Recebi a ligação de vários ilustradores”, contou Spohn. “Eles me faziam todas essas perguntas, como eu fiz a arte ou o que eu estava pensando com uma imagem específica. Eu sabia que logo depois apareceriam esses pequenos clones de Cliff.”

Um desses clones de Cliff foi Steve Hendrickson, que criou as capas de games como Haunted House e Warlords. Embora você possa ver o estilo de Spohn no trabalho de Hendrickson, suas capas focaram mais em rostos humanos. Na verdade, Hendrickson afirma ter se inspirado no colega, também ilustrador da Atari, Jim Kelly. “Ele era um grande ilustrador e referência”, disse Hendrickson.

Arte de Steve Hendrickson

Quando Hendrickson começou a trabalhar com a Atari, ele não sabia praticamente nada sobre videogames. Felizmente, a Atari deu aos seus artistas muita liberdade criativa. “Eu pegava uma lista de todos os novos títulos de games e depois dividia as ilustrações entre nossa equipe interna de ilustradores e vários freelance. Então, eu só trabalhava nos títulos que achava divertido”, contou Hendrickson. “Abordávamos cada nova capa como se fosse uma capa de livro de bolso.”

Vários artistas da Atari, como Susan Jaekel, tinham muita experiência com capas de livros. Jaekel trabalhou principalmente como ilustradora de livros infantis e também criou capas para vários livros didáticos, antes de trabalhar com a Atari. “Nas ilustrações de livros didáticos, você recebe uma tarefa realmente específica”, disse Jaekel. “A arte dos games eram bem maiores, com assuntos interessantes, e foi muito divertido.”

Embora Jaekel tenha criado a capa de Adventure, um dos títulos mais queridos do Atari, ela nunca tentou jogá-lo. “Eu nunca joguei nenhum game, eu não tinha nenhuma noção sobre isso”, explicou ela. Mesmo assim, Jaekel recebeu muitos comentários positivos dos fãs. “Recebi vários e-mails e telefonemas ao longo dos anos, e geralmente são as pessoas que jogam.”

O game Adventure teve a arte de Susan Jaekel na caixa

À medida que a popularidade do Atari crescia, eles começaram a procurar artistas mais proeminentes. Entre eles estava Rick Guidice, que havia trabalhado com a NASA nos anos 70, para criar imagens de colônias espaciais. Embora o histórico de Guidice o tornasse perfeito para games de ficção científica, ele criou principalmente capas para temas de jogos de azar, incluindo o infame Casino.

A Atari até contratou o artista conceitual de Star Wars, Ralph McQuarrie, para pintar uma única arte. Sua pintura, que apareceu na arte da caixa do game Vanguard, foi destaque nos anúncios da Atari.

Hoje em dia poucos artistas têm o nível de liberdade que os artistas da Atari tinham. As capas de games geralmente são selecionadas por um departamento de marketing e seu estilo pode mudar de acordo com o público. “As pessoas têm medo do diferente. Eles querem fazer mais como o que fizeram no ano passado e que foi bem-sucedido”, diz Nolan Bushnell. No entanto, ele acredita que a obra de arte que encomendou para a Atari parece tão boa agora, quanto foi décadas atrás. Nolan disse: “foi consistente. Era sofisticado. Acho que coisas boas resistem ao teste do tempo.”

Com certeza essas artes para as caixas dos games Atari eram sensacionais e muitas viraram quadros na casa de muita gente. Na Amazon você encontra livros e pôsteres com essas artes do Atari, basta clicar AQUI.

Conheça outras artes para as caixas dos games Atari

Você encontra Games e Consoles na Amazon, Americanas, Shoptime e Submarino



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Artigo:

Publicidade
Posts
Relacionados
Publicidade