O filme de terror mudo de 1922, Nosferatu, permanece icônico quase um século depois, mas tecnicamente não deveria existir. Nosferatu continua sendo um dos filmes mais famosos da era do expressionismo alemão e um dos mais influentes no gênero de terror. As gerações mais jovens estão até mesmo familiarizadas com esse vampiro do filme, Conde Orlock, graças a sua participação no clássico episódio de Bob Esponja Calça Quadrada, “Graveyard Shift”.